quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Seis dinheiros

Nick Knight,Yohji Yamamoto catalogue, 1986Com uma pequena moeda de seis dinheiros raspava os muros. Todos coloridos e à beira do rio, que trinta anos antes havia sido o último conhecido dos viventes. Estes que tentavam andar entre ferrolhos e palavras cruzadas. Quando os primeiros traços desapareciam era tempo de guardá-la e experimentar o frio.

A geometria que trinta anos antes nascia para o outro lado do sol respondia agora aos visitantes. Seus aromas e desapontamentos se misturavam em longas filas. Eram quase os cinzentos dias e as lojas de souvenirs que lhe trouxeram algum sorriso. Seguia as faixas amarelas, as contínuas.

Voltava sua moeda àquela preparação de final de ano. Esperava exatos trinta anos para que sua receita fosse eleita. Noite de natal e sempre o banquete. De convidados e sorrisos. Era sorte a quem encontrasse desnuda e brilhante em seu pedaço de pudim.