quinta-feira, 31 de julho de 2014

People in the Sun 1960 Edward Hopper

Óleo sobre tela (102,6cm por 153,4cm)
Smithsonian American Art Museum
Washington, Estados Unidos
Há de se começar com a água. Daquelas que correm para onde ninguém sabe. E depois, fechar os botões do casaco. Com certa pressa e apreensão. Abrir a porta da frente, colocar as mãos nos bolsos e seguir. Atravessar o pequeno jardim e nem olhar para as flores. Empurrar a portinhola de madeira sem cor.

Caros, estou certo. Convencido nos meus pensamentos e escritos. Posso me concentrar em duas ou três notas. Meio acorde e uma porção de perfumes. Tenho as possíveis felicidades em todas as pedras que seguro. Assim, perco os meus sapatos e transbordo por entre as mais intensas folhas.

Ando pela casa e faço barulho. Confiamos em quem faça barulhos.