sábado, 31 de janeiro de 2015

Amarelo


René Magritte
The Lovers 1928
Óleo sobre tela 54 cm x 73,4 cm
MoMA New York, NY, EUA
Uma sequência de atos e por consequência, perguntas. Talvez aquele primeiro plano com as delineadas esquinas; sim, porque são elas as mais relevantes nos riscos perpendiculares. E todos os campos de morangos, para sempre. E indo. Nada é real e ao mesmo tempo um sonho de enganos e eu, discordo.

Algumas fotografias à frente. Uma esquina e o café da manhã;  a explicação da moça do extremo. Eu em uma máquina limpa. Embora tenha me enganado na parada do autocarro. Nos tijolos vermelhos cheios de "compristas" e eu preciso dos meus olhos em céus suburbanos. Ahhh, seus andamentos em alllegros, quase prestíssimo.

Seguramente é incrível estar aqui. E aquela banda dos corações solitários do sargento ardido.  Com toda a ajuda dos meus queridxs amigxs. E no final do dia, mesmo sem a tristeza que se esperava era uma onda de que poderíamos acreditar e viver. E a Luce no céu com o céu, e os diamantes mentirosos. E os amantes.



domingo, 25 de janeiro de 2015

Tusk

Stanley William Hayter
Capa para o livro "Tides" de John Montagu
1970 Litografia sobre papel
12,1 x 11,4 cm
Tate Gallery, Londres, Reino Unido
Seriam as cores em movimento, como se encostassem em seus limites e neles se mimetizassem. Mas não foi assim. Seguia o planejado em suas cordas esticadas. E em passos anuais, teríamos imagens resolvidas apenas na superfície. E em alguma revista publicada em papel jornal, observávamos esquecimentos e muitos riscos.

Destes todos que conheci, somente os que se mostraram e me disseram alguns sóis em finais de tarde são quem qualquer moral se atrofiou. Viu-se em práticas de evasão e evidentemente sob insaciáveis bebedores elegíacos e sobremaneira mentirosos. É claro que atravessar as pontes das vias me fez pensar, e inutilmente dar as direções às próximas.

A severidade de um gesto repetido com lápis sobre a folha de papel e então a efígie. Era o que fazíamos em todas as tardes. E depois, gritávamos na rua; falávamos sobre todos os vizinhos e os seus íntimos medos. Enquanto eles nos olhavam pelos vidros duplos de suas janelas prontas para o inverno, ríamos e ríamos.